Poesia autoral: Um pedido

  

Anos-luz distanciam mentes ávidas pelo saber.
O saber daquilo que não se sabe.
Ou jamais saberá.
Sobretudo e sobre tudo, o que pode ser sabido.
Soubera eu por mim tudo de você, antes mesmo de saber de mim.
E agora já não sei mais quem sou.
Esquecera-me do todo.
Peço, pois que ao menos tu saibas o suficiente.
Para dizer-me enfim.
Quem eu sou.

Leandro Silvério.



Quer saber mais?!
Me acompanhe nas redes sociais:

Nenhum comentário:

Copyright © 2017 Leandro Silvério. Tecnologia do Blogger.